Trabalho híbrido: a sua empresa está preparada para esse novo modelo de trabalho?

By Jessica Fontes

setembro 28, 2021

Quando a pandemia do coronavírus chegou ao Brasil, em março de 2020, as empresas não tiveram outra escolha. Para manter a saúde e segurança dos colaboradores, foi preciso adotar o home office.

Porém, a rápida necessidade de isolamento social fez com que essa adaptação tivesse que ocorrer de forma muito rápida, sem o preparo adequado.

Atualmente, com o avanço da vacinação, algumas empresas analisam a volta dos colaboradores para o escritório, mas de uma forma um pouco diferente – através do trabalho híbrido.

Isso porque a volta à rotina normal, ainda vai levar um bom tempo. Por isso, nesse momento, o trabalho híbrido pode ser uma boa opção.

E se você quer saber mais sobre essa modalidade de trabalho, os principais desafios e a melhor forma de implementação, continue a leitura!

O que é trabalho híbrido?

O modelo de trabalho híbrido permite que o colaborador cumpra sua jornada de trabalho no escritório da empresa, presencialmente, e, também, à distância, em sua própria residência ou no local em que o profissional considerar adequado para exercer suas atividades.

Ou seja, o formato híbrido representa a junção do home office com o presencial.

Mas a forma de funcionamento do trabalho híbrido varia de acordo com as regras de cada empresa. Alguns empreendimentos permitem várias semanas de trabalho em home office, enquanto outras optam por fazer essa divisão, intercalando dia a dia ou semana a semana.

O que realmente caracteriza o trabalho híbrido é a combinação entre o presencial e o home office.

É uma ótima alternativa para as empresas que aceitam o home office, mas que ao mesmo tempo, não acham que a melhor opção para os colaboradores é mantê-los trabalhando apenas de forma remota.

Como o trabalho híbrido funciona?

No trabalho híbrido, a empresa pode definir escalas de colaboradores atuando de maneira presencial em dias alternados, como por exemplo, três dias no escritório da empresa e dois dias de forma remota.

Para decidir como o trabalho híbrido vai funcionar na sua empresa, é preciso analisar o que é melhor tanto para você quanto para os profissionais, em questão de praticidade, eficiência e resultados.

Por que o modelo híbrido de trabalho é uma tendência no pós-pandemia?

O home office já fazia parte da rotina de muitos brasileiros antes da chegada do coronavírus no Brasil. Porém, não há dúvidas de que a pandemia fez com que ele se tornasse uma necessidade imediata.

Mas para algumas empresas e profissionais, o trabalho totalmente remoto nem sempre é vantajoso. Por isso, algumas organizações estão optando pelo modelo híbrido, que traz os benefícios dos dois modelos de trabalho, o remoto e o presencial.

Como adaptar a empresa para o modelo híbrido de trabalho?

Adotar esse modelo de trabalho não é tão simples quanto parece. Contudo, com os avanços da tecnologia dos últimos anos, e do aumento do número de brasileiros acostumados a trabalhar em casa, se tornou um pouco mais fácil implementar o modelo híbrido.

Para te ajudar com isso, nós preparamos uma lista com dicas e estratégias que vão ajudar nesse processo. Veja só:

Alinhamento de objetivos

Antes de qualquer coisa, é necessário definir o objetivo pelo qual o trabalho híbrido será implementado na empresa.

O alinhamento deve ter como base os resultados do último ano, para descobrir o que funcionou e o que não funcionou.

Assim, todos os funcionários poderão trabalhar de forma mais conjunta e entender a importância dessa mudança. Afinal, o trabalho híbrido oferece vários benefícios a curto, médio e longo prazo, tanto para a empresa quanto para os colaboradores.

Definição de um plano de ação

Assim que os objetivos forem definidos, será necessário criar um plano de ação para adotar a prática.

Sem o planejamento, essa estratégia corre um sério risco de não dar certo. Portanto, não deixe de criar um plano de ação.

Esses são os principais pontos que a empresa deve levar em consideração:

• Como a implementação será feita

• Quando a implementação será feita

• Quais os custos envolvidos

• Como a empresa vai conseguir medir a eficiência do modelo e os resultados

• Como preparar os funcionários para o novo modelo de trabalho

Criação de políticas e regras

A criação de políticas e regras é o que vai ajudar os colaboradores a estar em harmonia com os valores da organização e o novo modelo de trabalho.

A ideia, nesse caso, é discutir com os colaboradores sobre as principais responsabilidades de cada um e tirar as dúvidas existentes sobre o modelo de trabalho híbrido.

Sem isso, é muito difícil fazer com que o novo formato de trabalho funcione.

É necessário alinhar com os profissionais o que deve ser feito, como será a rotina de trabalho no modelo híbrido e obviamente, quais os resultados que a empresa espera.

Além disso, a empresa também vai precisar montar um esquema de rodízio para organizar o fluxo de trabalho, ou seja, definir quem vai fazer home office, quem vai trabalhar presencialmente e em quais dias da semana.

Autonomia para os colaboradores

Como falamos, para maior organização da empresa, é necessário organizar o fluxo de trabalho.

Contudo, o ideal é que os funcionários participem dessa escolha. A opção de eles poderem escolher os dias a serem trabalhos de forma presencial ou remota, ajuda a dar mais motivação e autonomia para eles, o que pode ser benéfico em termos de produtividade.

Uso de ferramentas tecnológicas

Para que esse modelo de trabalho dê certo, é fundamental que os colaboradores da empresa tenham acesso a ferramentas tecnológicas eficientes.

Caso contrário, o fluxo de comunicação será prejudicado, o que poderá trazer prejuízos financeiros para a empresa.

Sendo assim, disponibilizar ferramentas de gestão de projetos, comunicação unificada e armazenamento de dados em nuvem, é algo que precisa fazer parte da estratégia de implementação do modelo híbrido.

Quer trazer o trabalho híbrido para dentro da sua empresa? Então entre em contato com a Brinov e descubra as soluções tecnológicas para facilitar o processo de implementação!

0 comentários

Mais artigos

6 Dicas para diminuir o custo por lead (CPL)

6 Dicas para diminuir o custo por lead (CPL)

Saber o que é custo por lead (CPL) e como calcular esse métrica é essencial para avaliar o desempenho de suas estratégias e identificar aspectos que podem ser melhorados. Esse indicador tem tudo a ver com a saúde financeira da empresa. Afinal, quanto maior o gasto...