4 principais tendências do trabalho remoto para os próximos anos

By Laura Paulino

abril 27, 2021
tendências do trabalho remoto

Você conhece as principais tendências do trabalho remoto?

O trabalho remoto já era uma realidade antes da pandemia. Contudo, esse modelo precisou ser adotado às pressas no ano de 2020, como forma de diminuir a circulação do novo coronavírus.

Mas apesar de muitas empresas terem implementado esse modelo de trabalho do dia para a noite, o home office fez sucesso entre os brasileiros e atualmente, muitos funcionários não querem voltar a trabalhar presencialmente.

Felizmente, os avanços tecnológicos ajudam os colaboradores e as empresas que preferem o home office do que o trabalho presencial.

A seguir, saiba mais sobre as principais tendências do trabalho remoto para os próximos anos:

Tecnologia simples e eficiente

Há muitos softwares e aplicativos que ajudam os trabalhadores e as empresas que gostam do trabalho remoto.

Uma das melhores formas de fazer com que não haja falhas no processo de comunicação e todos os funcionários possam trabalhar de modo mais unido e integrado, é através da adoção de uma única plataforma de gestão de trabalho.

Centralizar as tarefas e deveres em único espaço ajuda a organizar melhor a rotina dos funcionários. Consequentemente, todos se tornam muito mais produtivos.

A centralização de uma plataforma de gestão de trabalho é apenas o primeiro passo para manter o trabalho remoto na sua empresa.

Os sistemas e softwares estão se tornando cada vez inovadores e modernos. Para que o trabalho remoto realmente traga benefícios e não haja nenhum problema pelo fato de os funcionários não estarem trabalhando todos no mesmo espaço físico, as empresas precisam utilizar soluções tecnológicas realmente eficientes.

Exigências de habilidades específicas

Não são todos os profissionais que podem fazer office. Além das exigências de cada profissão, há pessoas que simplesmente não conseguem trabalhar em casa. É algo muito comum, na verdade.

As organizações que querem adotar o trabalho remoto de forma específica precisam exigir algumas habilidades dos profissionais que trabalham para a empresa, como por exemplo:

  • Boas habilidades de comunicação digital (principalmente para as reuniões online que estão se tornando cada vez mais comuns)
  • Familiaridade com softwares específicos que serão utilizados por todos os setores da empresa (como softwares de videoconferências e compartilhamento de arquivos de forma integrada)
  • Gerenciamento do tempo (saber evitar as distrações é essencial para tornar o trabalho remoto mais produtivo)

Trabalho colaborativo em ambientes virtuais

O trabalho colaborativo pode envolver um pequeno grupo de pessoas que atua em um determinado setor ou todos os colaboradores da organização.

Pode-se dizer que o trabalho colaborativo é um processo que ajuda cada indivíduo a aprender um pouco mais sobre determinado assunto quando ele conversa com outras pessoas da empresa.

Ou seja, é uma forma de aprender e compartilhar informações em grupo, fazendo com que o resultado seja muito mais positivo para todos os envolvidos no trabalho.

Mas não basta apenas querer aprender mais ou saber que existe a necessidade de realizar reuniões online com muita frequência.

As empresas precisam disponibilizar as ferramentas certas. Caso contrário, fica difícil fazer com que o fluxo de comunicação e troca de informações ocorra de forma eficiente.

Há diversas ferramentas que ajudam a melhorar o trabalho colaborativo em espaços virtuais, como por exemplo:

Segurança virtual

Os avanços tecnológicos mudaram a rotina e a realidade de empresas de diversos tamanhos. Foi graças a tecnologia que o home office se tornou uma alternativa viável e mais barata.

Contudo, os ataques cibernéticos podem comprometer a segurança dos dados e a privacidade dos colaboradores.

As empresas estão cada vez mais atentas a esse detalhe. Por isso, atualmente, é possível encontrar softwares e aplicativos extremamente seguros.

Investir em bons softwares é a melhor forma de fazer com que todos os dados confidenciais da sua organização sejam mantidos em segurança.

Sem essas ferramentas, o trabalho remoto não será tão eficiente, pois segurança é um fator essencial para as empresas que dependem da tecnologia.

Esses são alguns desafios relacionados à segurança do home office:

  • Proteger dados dos funcionários
  • Proteger dados dos clientes
  • Identificação de ameaças na rede
  • Criptografia de dispositivos

Por que muitas empresas querem adotar as tendências do trabalho remoto de forma permanente?

Com a adoção do home office, tanto as organizações quanto os trabalhadores podem ser beneficiados.

Os colaboradores, conseguem ter mais flexibilidade, afinal, ao trabalhar de forma remota, é possível exercer suas atividades profissionais de qualquer lugar.

Além disso, o tempo que antes era gasto com locomoção para chegar até a empresa, pode ser usado para passar mais tempo com a família ou para descanso.

Já para as empresas, manter os funcionários em home office é uma forma de reduzir custos operacionais e aumentar a produtividade dos colaboradores com a diminuição de interrupções no trabalho.

E é por isso que a maioria das empresas e dos colaboradores querem que o home office não seja algo temporário, mas sim, um modelo de trabalho permanente.

Claro que o modelo híbrido de trabalho (aquele em que parte da jornada de trabalho é realizada na empresa e outra parte no home office) também é uma ótima opção.

Para implantar o home office ou fazer com que ele possa se tornar algo permanente no ambiente organizacional, é necessário, em primeiro lugar, estabelecer objetivos reais, para que os colaboradores possam saber exatamente o que a organização espera deles.

Além disso, fornecer sistemas e softwares é mais do que essencial, pois sem as ferramentas certas, os funcionários vão ter dificuldades em se comunicar e trabalhar de forma integrada.

O GoTo Training permite que você realize treinamentos online que proporcionem uma aprendizagem completa, com testes e avaliações.

Assim, os participantes podem conferir o nível de domínio de conteúdo e sentem-se mais estimulados.

Essa plataforma também disponibiliza certificados, suporte 24h e muito mais.

Ficou interessado? Acesse o nosso site e fale com um dos nossos consultores.

0 comentários

Mais artigos

Princípios da LGPD: 7 dicas para aderir a lei

Princípios da LGPD: 7 dicas para aderir a lei

Os princípios da LGPD devem ser observados e norteados na hora de tratar os dados pessoais. A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) determina a forma como as empresas devem atuar em relação à coleta, uso e compartilhamento de dados pessoais. Ou seja, a lei exige mais...