Microlearning para treinamento: as vantagens de implementar no seu negócio

By Lorraine Barbosa

outubro 25, 2022
Microlearning para treinamento

O microlearning para treinamento começou a ser utilizado com mais frequência nos últimos anos e já apresenta bons resultados.

A necessidade de criar conteúdo, engajar colaboradores e investir em educação corporativa, faz com que esse modelo de ensino seja extremamente útil e traga impactos positivos para as organizações.

Se você deseja implementar essa técnica na sua empresa, continue a leitura e saiba tudo sobre o microlearning para treinamento.

O que é microlearning?

O microlearning é uma palavra de origem inglês que, traduzida para o português, significa “microaprendizado”.

É uma metodologia de ensino com linguagem simples e de curta duração.

O objetivo, nesse caso, é fragmentar o conteúdo longo e complexo em partes menores, simples de serem entendidas.

Desse modo, os assuntos e temas são organizados para não consumir muito tempo dos funcionários, oferecendo a possibilidade de aprendizado rápido e flexível, para que assim, o conhecimento possa ser facilmente absorvido.

Na prática, funciona da seguinte maneira: imagine uma aula em vídeo que tem duração de 40 minutos. Com a metodologia de microlearning para treinamento, o conteúdo será dividido em partes menores, que tenham entre dois e cinco minutos de duração.

A aula deve ser focada em um objetivo principal e apresentar uma linguagem acessível.

Quais são as principais vantagens do microlearning para treinamento?

O microlearning para treinamento é uma tendência para o mundo dos negócios.

Afinal, a metodologia permite que os colaboradores participem de aulas rápidas, sem que seja necessário interromper as outras atividades.

Quando aplicada ao mobile learning, esse método traz ainda mais benefícios.

Agora que você já sabe disso, está na hora de conhecer as principais vantagens do microlearning para treinamento:

1. Personalização do conteúdo

Com materiais curtos, fica mais fácil segmentar o conteúdo para que eles sejam personalizáveis para os colaboradores.

A ideia de treinamento personalizado nas organizações está se mostrando cada vez mais importante.

As grandes empresas já utilizam o conteúdo personalizado para atrair clientes e otimizar as vendas.

Contudo, essa técnica também pode ser aplicada nos treinamentos para funcionários, para que assim, seja possível engajar diferentes públicos internos.

Desse modo, gestores conseguem personalizar a experiência do colaborador, o que melhora os resultados e a produtividade de forma geral.

2. Economiza recursos

O microlearning para treinamento exige menos recursos financeiros e materiais do que as aulas mais longas e presenciais.

Além disso, o profissional fica menos tempo afastado de suas atividades diárias, o que também ajuda a gerar economia para o negócio.

3. Inteligência de dados

As soluções de microlearning para treinamento são orientadas por dados, isto é, utilizam dados verificáveis e confiáveis para coletar dados sobre o desempenho e melhorar o processo de tomada de decisão.

Os dados são analisados com o uso de ferramentas de inteligência artificial, gerando relatórios que trazem informações valiosas, que poderão orientar a produção de novos treinamentos.

A inteligência artificial (IA) refere-se a sistemas ou máquinas que simulam a inteligência humana para executar tarefas.

Sendo assim, com o uso da IA, torna-se mais fácil analisar o progresso de cada usuário e as preferências de aprendizagem.

A cultura de dados faz com que a empresa possa aproveitar os recursos de forma inteligente. Afinal, informações valiosas precisam ser utilizadas.

A boa notícia é que os sistemas de microlearning para treinamento costumam oferecer todos os recursos necessários aos profissionais da área responsáveis por esse trabalho.

4. Aumento da produtividade

O treinamento profissional aumenta a produtividade e o engajamento dos colaboradores, o que é fundamental para otimizar processos e atingir objetivos.

O conteúdo se torna mais fácil de absorver, o que permite uma melhor compreensão de novos conhecimentos e informações importantes sobre o desenvolvimento de atividades e projetos internos.

A realização de treinamentos curto também aumenta a produtividade, porque os colaboradores conseguem aplicar os conhecimentos adquiridos na prática e de forma rápida.

5. Otimização de tempo

Quando o objetivo é melhorar a gestão do tempo e colocar processos em prática, não há dúvidas de que o microlearning para treinamento é uma das metodologias mais indicadas.

Afinal, esse modelo de aprendizagem não otimiza apenas o tempo dos colaboradores que vão assistir o conteúdo, mas também, dos profissionais envolvidos na produção do treinamento.

O microlearning se encaixa melhor na rotina dos colaboradores, já que aulas mais objetivas e rápidas, permitem que o conhecimento seja atualizado com mais frequência.

Atualmente, as empresas precisam lidar com um cenário cada vez mais competitivo, o que certamente, exige a adoção de uma série de ferramentas e processos para auxiliar a realização de atividades e projetos dentro do prazo.

Isso é essencial para se manter à frente da concorrência, cumprir metas e proporcionar uma boa experiência para os clientes.

6. Fácil manutenção

O microlearning, como você já sabe, possibilita a entrega de conteúdos complexos em pequenas partes.

Como tem um formato mais curto, a manutenção se torna muito mais fácil.

É possível adicionar, excluir e atualizar informações a qualquer momento e com muito mais agilidade.

7. Combinação com outras estratégias

O microlearning para treinamento é uma técnica capaz de trazer diversos benefícios para o mundo corporativo.

Contudo, quando combinada a outras estratégias imersivas, a empresa consegue potencializar os resultados e tornar os treinamentos curtos ainda mais eficientes.

É possível combinar o microlearning com o storytelling, por exemplo, que é a arte de desenvolver histórias através de elementos específicos.

O objetivo é fazer com que a narrativa possa envolver e engajar o usuário na história. Sendo assim, o storytelling pode ser aplicado em diversos processos da empresa.

Para implementar o storytelling nos treinamentos é necessário conhecer os elementos-chave, saber qual tipo de linguagem utilizar e ter um objetivo bem específico.

O microlearning para treinamento impacta positivamente a rotina dos funcionários e os resultados gerados pela empresa.

Com o uso de boas ferramentas e plataformas, você pode otimizar o uso dessa metodologia para capacitar a equipe e personalizar o conteúdo.

Se você quer trazer o melhor da tecnologia para os treinamentos da sua empresa, entre em contato com um dos consultores da Brinov.

0 comentários

Mais artigos

Data Fabric: dados prontos para as empresas

Data Fabric: dados prontos para as empresas

Os dados se tornaram ferramentas muito importantes na era da informação. Na prática, as empresas querem acessar dados para obter ideias e disponibilizá-los de forma rápida. Entretanto, muitos negócios não criaram uma estratégia realmente eficiente de gerenciamento de...

6 tendências de tecnologia no setor público

6 tendências de tecnologia no setor público

A transformação digital trouxe recursos que estão sendo implementados em todos os setores da sociedade, inclusive no setor público. Nos últimos anos, a inovação nesse setor aumentou consideravelmente e ganhou uma dimensão estratégica, modernizando a gestão pública....