Keepit: estratégias de recuperação de ataques de ransomware

As ameaças no ambiente digital atingem inúmeras empresas. Entre os riscos, os ransomwares são bem comuns dentro das organizações, podendo impactar seriamente no negócio como um todo. Para evitar que os seus sistemas sofram com esse grave problema, investir em soluções de prevenção e recuperação na nuvem é uma escolha adequada à era digital. Sendo […]

Keepit: estratégias de recuperação de ataques de ransomware

As ameaças no ambiente digital atingem inúmeras empresas.

Entre os riscos, os ransomwares são bem comuns dentro das organizações, podendo impactar seriamente no negócio como um todo.

Para evitar que os seus sistemas sofram com esse grave problema, investir em soluções de prevenção e recuperação na nuvem é uma escolha adequada à era digital.

Sendo assim, o Keepit é uma das opções disponíveis no mercado de segurança para provedores SaaS, como Microsoft 365 e Google Workspace. 

A ferramenta abrange uma série de estratégias de restauração de dados, reduzindo os prejuízos causados por ataques de ransomware.

Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura deste artigo.

O que são ransomwares?

Ransomwares são um tipo de malware, ou seja, são softwares maliciosos que atacam dispositivos vulneráveis e os bloqueiam, o que impede o acesso aos dados e a realização de funções básicas. 

Cibercriminosos usam essa tática para extorquir as vítimas, pedindo dinheiro em troca do resgate das informações.

Esse é um ataque cibernético muito comum entre empresas desprotegidas, independentemente do tamanho.

Em pesquisa realizada pela Enterprise Strategy Group (ESG), 79% das organizações analisadas sofreram ataques de ransomware no último ano.

E quando se trata de empresas no Brasil, a situação é ainda mais alarmante: o país já é o segundo mais atacado na América Latina, com 19 milhões de casos registrados no primeiro semestre de 2022, de acordo com a SonicWall Capture.

Quais são os impactos de um ataque de ransomware?

Ataques de ransomware podem causar enormes prejuízos para um negócio. As perdas financeiras são um deles, mas os impactos dos ransomwares vão além disso. Veja os principais:

  • Perdas de dados
  • Danos à reputação da empresa
  • Problemas com funcionários, clientes e parceiros
  • Riscos de compliance

Diante desse cenário, a melhor alternativa é elaborar estratégias de recuperação que ajudem a mitigar os efeitos do malware e, assim, restaurar os dados com rapidez e reduzir potenciais danos.

Como funciona o Keepit?

O Keepit é uma solução de backup de dados críticos e recuperação de desastres cibernéticos.

Ele funciona como uma camada adicional de proteção aos serviços SaaS, atendendo diversas demandas na nuvem com agilidade e disponibilidade.

Desse modo, o Keepit é uma opção simples, confiável e eficiente para a segurança dos seus fluxos de trabalho.

E com data centers globais, a plataforma mantém as infraestruturas das suas principais soluções SaaS — como Microsoft 365 e Google Workspace — longe de riscos e em constante monitoramento.

Sendo assim, o Keepit é uma ferramenta que atua na prevenção de perdas de dados sensíveis, garantindo que, em caso de ataques de ransomwares, as informações sejam restauradas — tudo isso por meio de backup e de cópias de arquivos feitas automaticamente.

Por que usar o Keepit?

Os provedores de serviços SaaS não fornecem total proteção para as empresas.

Por isso, evitar roubos e perdas de dados acaba sendo responsabilidade do próprio cliente.

Por exemplo, se uma organização sofre um ataque de ransomware, cabe à própria empresa resolver o problema, o que torna o processo ainda mais difícil e, principalmente, mais desgastante para o negócio.

Outros fatores que também NÃO são de responsabilidade do fornecedor SaaS são:

  • Usuários
  • Dados
  • Administração
  • Erros humanos
  • Erros programáticos
  • Insiders maliciosos
  • Vírus e malwares

Dessa forma, é importante aliar a sua solução na nuvem com uma plataforma robusta de backup dedicada exclusivamente para a segurança dos seus dados e prevenção de erros — o que é o caso do Keepit.

Como o Keepit ajuda na recuperação de ataques de ransomware?

O primeiro passo para se recuperar de ransomwares é o planejamento, ou seja, pensar em boas estratégias para diminuir os impactos financeiros e operacionais. 

Assim, a partir de uma análise completa dos riscos, a empresa toma melhores decisões, e as equipes, sistemas e projetos são afetados em menor escala.

Com base nisso, o Keepit ajuda as organizações de muitas maneiras. Confira algumas abaixo:

Backup 3-2-1

O backup 3-2-1 do Keepit serve para preservar ainda mais os dados armazenados na plataforma, de modo que eles sobrevivam a eventuais desastres.

Esse modelo realiza 3 cópias, sendo uma primária e dois backups. A partir disso, duas delas são armazenadas em diferentes locais, sendo um off-site, ou seja, separado da infraestrutura de nuvem primária.

Busca inteligente

Com o Keepit, não é necessário levar dias para encontrar o que você precisa. Seus dados ficam bastante acessíveis, apesar do forte sistema de segurança e controle de dados.

Para recuperar algo do seu backup, basta pesquisar o dado na própria ferramenta e escolher a opção “restaurar”.

Dessa maneira, tudo será restaurado, com o histórico e dentro de uma interface centralizada, moderna e simples de busca. Tudo com poucos cliques.

Recuperação rápida de dados

Além da pesquisa inteligente, o Keepit também garante a recuperação de dados em poucos minutos, mesmo em caso de ataques mais profundos de ransomware.

A solução também realiza o controle dos dados, emite relatórios de performance e ainda retém as informações por 30 dias, se for preciso recuperá-las depois de exclusões indevidas ou precipitadas.

Isso pode ser feito por um custo fixo e sem prejudicar a produtividade das suas equipes corporativas.

Quer começar a usar o Keepit na sua empresa e ficar livre de ransomwares e outras ameaças? Entre em contato com a Brinov

Te ajudamos a escolher os serviços digitais que melhor se encaixam nas suas necessidades de negócio.

Quer adquirir uma solução de backup de SaaS e reforçar a segurança dos dados da sua empresa?

Falar com um consultor Seta
Esse artigo foi útil para você? Avalie!
Compartilhe
WhatsApp Linkedin Facebook Twitter

Assine nossa newsletter com conteúdos exclusivos