6 Dicas para diminuir o custo por lead (CPL)

By Lorraine Barbosa

abril 18, 2022
Custo por Lead

Saber o que é custo por lead (CPL) e como calcular esse métrica é essencial para avaliar o desempenho de suas estratégias e identificar aspectos que podem ser melhorados.

Esse indicador tem tudo a ver com a saúde financeira da empresa. Afinal, quanto maior o gasto para atrair pessoas interessadas nos produtos e serviços, menor será o lucro obtido.

Além disso, o CPL mostra se uma ação ou campanha está produzindo os resultados esperados ou não.

No post de hoje, vamos explicar o que isso significa e o que a sua empresa pode fazer para diminuir o custo por lead.

O que é custo por lead (CPL)?

O custo por lead é um cálculo que permite saber o quanto a sua empresa gasta para atrair um potencial cliente.

Ou seja, é a divisão entre o valor gasto em uma campanha e o número de pessoas que se mostraram interessadas no produto ou serviço.

À vista disso, essa informação é importante para a empresa criar novas campanhas de marketing e decidir onde os recursos devem ser alocados.

Dessa forma, quando você cria uma campanha e conquista muitos leads, gerando um CPL baixo, significa que a mensagem principal e o público estavam bem alinhados.

Como calcular o custo por lead (CPL)?

Ao realizar o planejamento de marketing de qualquer campanha, é necessário definir o valor que será investido em publicidade.

Em cada fase da campanha, haverá uma quantidade de leads impactados.

Calcular o custo por lead é muito simples. Basta aplicar a fórmula:

CPL = Investimento de Marketing  / Número de Leads

Para você entender melhor, vamos te dar um exemplo.

Imagine que a sua empresa criou uma estratégia de marketing e, para desenvolvê-la e aplicá-la, investiu o valor de R$ 6.000 e conquistou 2.500 leads.

CPL = 6.000 (investimentos em marketing) / 2.500 (número de leads)

CPL = R$ 2,40.

Assim, isso significa que para conquistar um lead o seu negócio gastou R$ 2,40.

Portanto, quanto menor for o custo por lead, melhor para a sua empresa.

Como reduzir o custo por lead (CPL)?

Agora que você já entendeu o que isso significa e a importância de otimizar os investimentos em estratégias digitais, está na hora de conhecer algumas formas de reduzir o custo por lead.

Desse modo, será mais fácil atrair clientes interessados nos produtos e serviços do seu negócio.

Veja as dicas que preparamos para você:

1. Conheça a sua persona

Uma das melhores formas de aumentar o desempenho das estratégias online é mapear a sua persona e desenvolver ações com foco no cliente ideal.

Assim, você consegue atingir um público mais interessado no que a sua empresa tem a oferecer, além de aumentar o engajamento.

Portanto, conhecer bem a persona do seu negócio é o primeiro passo para reduzir o custo por lead e fazer com que as outras estratégias sejam aplicadas com mais facilidade.

2. Faça a segmentação do público

A segmentação de clientes é um processo que consiste em dividir clientes e prospects em diferentes grupos.

Através dos critérios de segmentação, a equipe de marketing pode direcionar as campanhas para quem tem o perfil ideal, ou seja, o público que realmente possui interesse no que a sua empresa tem para oferecer.

A segmentação de clientes aumenta o conhecimento em relação ao comportamento do consumidor e identifica necessidades específicas.

3. Otimize a sua landing page

Landing pages são páginas de captura que ajudam no processo de geração de leads.

Na maioria das vezes, as landing pages podem ser a porta de entrada dos prospects para a jornada de compra.

Isso significa que ao otimizar as páginas de captura, você poderá gerar mais conversões para o negócio, aumentando o potencial dos resultados.

Sendo assim, uma landing page otimizada ajuda a segmentar o público e traz mais visibilidade.

É através dessa estratégia que você vai mostrar ao visitante que o que você está oferecendo vale o tempo e o investimento dele.

Desse modo, os principais elementos de uma landing page são a oferta, o título, a descrição, o conteúdo e o CTA (Call to Action).

4. Faça testes A/B

Um dos testes mais conhecidos e eficientes é o chamado teste A/B.

Eles são excelentes ferramentas porque oferecem um feedback real de mercado, mensurado com precisão.

Basicamente, esses testes realizam comparação entre variáveis de marketing, com o intuito de descobrir qual variável gera as melhores respostas.

Você pode realizar os testes A/B em landing pages, disparos de email marketing e redes sociais.

Por exemplo, se você possui uma landing page com uma taxa de conversão muito baixa, vale a pena pensar em uma segunda versão para rodar um teste A/B e avaliar se a nova versão apresenta um desempenho melhor.

Por conta disso, é importante estabelecer metas ao planejar um teste, para que assim, você possa avaliar melhor os resultados.

5. Seja mobile friendly

O site mobile friendly é aquele que possui uma versão exclusiva para dispositivos móveis.

Ou seja, é uma página que utiliza um conjunto de medidas que fazem com que uma página seja facilmente acessada em dispositivos móveis.

Aliás, o celular é o dispositivo mais utilizado para fazer compras pela internet. Por esse e outros motivos, um site mobile friendly é importante para facilitar a navegação e melhorar a experiência do usuário.

6. Utilize pop-ups no site

O pop-up é uma janela que abre no navegador da internet e contém informações de destaque do site.

Quando utilizada da forma correta, essa estratégia pode aumentar a taxa de conversão do site.

Contudo, se os pop-ups forem utilizados de forma exagerada, podem atrapalhar a experiência do usuário, que terá dificuldades para acessar o conteúdo da página principal.

Portanto, planejar com cuidado a implementação de pop-ups é essencial para o seu site obter bons resultados.

Nós esperamos que esse conteúdo tenha te ajudado a entender melhor a importância de diminuir o custo por lead (CPL).

Se você quer trazer todos os benefícios da tecnologia para o seu negócio e, assim, conquistar mais clientes e aumentar o seu alcance, entre em contato com a Brinov.

0 comentários

Mais artigos