Segurança de dados dos clientes: por que é importante pensar nisso?

By Lorraine Barbosa

outubro 8, 2021
Segurança de dados dos clientes

Em um mundo cada vez mais conectado, a segurança de dados dos clientes é um elemento essencial para o trabalho de muitas empresas.

Portanto, isso significa que garantir a segurança das informações nas organizações deve ser um dos pilares de qualquer negócio.

Nesse artigo, vamos falar mais sobre o tema e explicar a importância de proteger os dados dos clientes. Para saber mais, continue a leitura.

O que é segurança da informação?

A segurança da informação diz respeito a tudo que envolve a preservação de dados de pessoas físicas ou jurídicas.

Basicamente, é um conjunto de processos e metodologias que são implementados para proteger as informações confidenciais de uma empresa, como os dados dos clientes e dos colaboradores, por exemplo.

O intuito dessas práticas é garantir alguns princípios básicos, como por exemplo:

1. Confidencialidade

Quando se trata de segurança de dados, a confidencialidade tem como principal objetivo, garantir que determinadas informações não sejam disponibilizadas para qualquer pessoa.

Esse princípio, pode orientar, por exemplo, a definição de níveis de acesso a um sistema de CRM.

2. Integridade

Aqui, o objetivo é fazer com que os arquivos não sofram danos e fiquem protegidos de falhas operacionais.

Os dados só devem ser acessados ou modificados por profissionais autorizados.

Assim, o princípio da integridade está relacionado ao controle das alterações realizadas sobre a informação, desde a sua origem.

3. Disponibilidade

Para que as informações atendam sua principal função, elas precisam estar disponíveis sempre que houver necessidade.

Por exemplo, quando um cliente entra em contato com o SAC da empresa, os profissionais de atendimento devem ter acesso às informações necessárias para resolver o problema ou dúvida do cliente.

4. Autenticidade

Para evitar que os dados sejam corrompidos, as informações só devem ser modificadas de acordo com determinadas permissões.

A importância da segurança de dados nas empresas

A relação de uma empresa com seu público-alvo deve ser pautada na segurança e confiança entre as duas partes envolvidas.

Por isso, é fundamental garantir que os dados pessoais fornecidos pelos clientes sejam arquivados com o máximo de proteção.

Uma invasão no sistema da organização, além de afetar a credibilidade, também pode causar prejuízos.

Além disso, se as informações pessoais dos consumidores forem perdidas ou vazadas, a empresa terá que responder pelo ocorrido.

Felizmente, com uma gestão de segurança bem estruturada e a criação de estratégias eficientes, é possível atingir bons resultados e reduzir os riscos envolvidos no processo de armazenamento e segurança de dados.

LGPD – Lei Geral de Proteção de Dados

A Lei nº 13.709, de 14 de agosto de 2018, é conhecida como a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Ao realizar alterações no Marco Civil da Internet, tornou-se a principal legislação em relação ao tratamento de dados pessoais.

Desse modo, a LGPD prevê uma série de medidas e regras na captação, armazenamento e proteção de dados pessoais.

Isso vale tanto para clientes quanto para colaboradores, acionistas e parceiros.

Ou seja, a finalidade da LGPD, é proteger os dados de pessoas físicas no seu uso por organizações privadas e órgãos públicos.

A partir da legislação, qualquer cidadão tem o direito de questionar empresas e órgãos públicos em relação ao uso de informações pessoais.

Inspirada na versão europeia, o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GRPD), a LGPD está em vigor desde setembro de 2020.

Como garantir a segurança de dados dos clientes da sua empresa?

As organizações podem adotar um conjunto de práticas, políticas e procedimentos conforme os quatro principais princípios (também chamados de pilares) da segurança de dados que mencionamos aqui: confidencialidade, integridade, disponibilidade e autenticidade.

A seguir, vamos dar algumas dicas para proteger os dados dos clientes, seguir a LGPD e minimizar riscos. Veja só:

Use a tecnologia a seu favor

O primeiro passo é utilizar recursos tecnológicos ao seu favor. Afinal, todo negócio usa pelo menos uma solução tecnológica para coletar, processar, armazenar e verificar informações.

Existem várias ferramentas que podem ajudar no sigilo de dados, como por exemplo:

  • Criptografia de dados;
  • Armazenamento em nuvem;
  • Assinatura digital;
  • Certificado de segurança;
  • Softwares de antivírus e antispam.

Tenha uma política de segurança de dados

A proteção dos dados dos clientes precisa ser uma das principais políticas do negócio e um dos princípios da gestão empresarial.

Basicamente, a política de segurança de dados é um documento que define a forma como a organização protege as informações de seus consumidores.

O documento deve ser atualizado à medida que surgem novas leis e a organização muda sua estrutura.

Controle de acesso

O controle de acesso é uma das formas mais simples de garantir a segurança dos dados dos clientes.

Assim, esse método dá a um determinado colaborador, a permissão para utilizar informações importantes para o seu trabalho.

Portanto, é importante ressaltar que quantos menos usuários tiverem acesso a determinados materiais, mais fácil será garantir a preservação dos dados.

Tenha um Plano de Recuperação de desastres

O Plano de Recuperação de Desastres (PRD) tem como objetivo diminuir as consequências e os impactos do desastre sofrido, através de um conjunto de ações que devem ser tomadas após um caso de vazamento de dados.

Com o plano, torna-se mais fácil retomar as operações normais da empresa em um intervalo de tempo menor e assim, recuperar os dados afetados.

Treinamento da equipe

Para que todos os funcionários da organização trabalhem de forma harmônica em relação à política de segurança de dados dos clientes, é importante oferecer treinamentos.

Dessa forma, independentemente da área que atuam, a segurança de dados dos clientes deve ser um compromisso e uma responsabilidade de todos.

Caso boa parte dos funcionários esteja trabalhando em home office, ou então, em diferentes filiais, existe a possibilidade de oferecer treinamentos online, que podem ser tão eficazes quanto os presenciais.

Para saber mais sobre as nossas soluções tecnológicas voltadas para a segurança de dados dos clientes e da sua empresa, de forma geral, entre em contato com a equipe de atendimento da Brinov.

0 comentários

Mais artigos

Entenda o que é e como funciona o mobile learning

Entenda o que é e como funciona o mobile learning

Em um mundo em que os smartphones estão sendo cada vez mais utilizados, o mobile learning se apresenta como uma solução para o ensino, treinamento e capacitação à distância. Não há dúvida alguma de que os dispositivos móveis vieram para ficar. O uso desse aparelho é...

Qualidade de software: o que é e como avaliar

Qualidade de software: o que é e como avaliar

Avaliar a qualidade de software é um processo importante para garantir que o seu negócio entregue bons produtos ao público-alvo. Embora não seja algo tão simples de se fazer, é possível otimizar o processo com o direcionamento correto. Assim, uma das primeiras...