3 maneiras de criar uma infraestrutura escalável e inovar os modelos de negócios

By Lorraine Barbosa

fevereiro 28, 2022
Infraestrutura escalável

Utilizar ferramentas tecnológicas e ter uma infraestrutura escalável, por exemplo, são coisas essenciais para se manter no mercado e obter vantagem competitiva.

Sendo assim, para uma empresa ser realmente inovadora, conquistar clientes e criar um ambiente colaborativo para os funcionários, é necessário ir além do básico e pensar em transformações mais profundas

Por esse motivo, no artigo de hoje, iremos mostrar o que é escalabilidade e como criar uma estrutura escalável. Continue a leitura para mais informações.

O que é escalabilidade?

Um sistema escalável de dados é aquele que possui a capacidade de continuar funcionando normalmente quando seu contexto é alterado em tamanho ou volume para atender as necessidades do público.

As empresas que estão crescendo de forma rápida devem prestar atenção ao avaliar a capacidade de software e de hardware.

É que para as organizações, a escalabilidade representa a possibilidade de aumentar a sua performance.

Ou seja, nesse processo, os serviços de TI são adaptados de acordo com as mudanças necessárias e a demanda dos usuários.

Um bom exemplo de corporação escalável, por exemplo, é a Netflix. O maior serviço de streaming do mundo consegue oferecer milhares de vídeos para um grande número de pessoas.

Como criar uma infraestrutura escalável?

Para criar uma infraestrutura escalável e, assim, aumentar a capacidade de produção e o valor de mercado da organização, é importante utilizar os recursos tecnológicos disponíveis e criar estratégias eficientes.

O ideal é que a escalabilidade esteja presente no planejamento estratégico, para que assim, a empresa possa identificar novas oportunidades e estar sempre um passo à frente dos concorrentes.

Veja algumas dicas de como ter uma infraestrutura de TI com alta escalabilidade:

Busque soluções

As empresas que possuem uma infraestrutura escalável, têm mais facilidade em garantir que os serviços funcionem normalmente, até mesmo quando houver picos de demanda.

É importante buscar soluções inovadoras que melhorem a capacidade da organização de atender às principais demandas dos consumidores.

Automatize atividades

É normal, que com o passar do tempo, muitas atividades operacionais percam eficiência e se tornem repetitivas.

Isso afeta a produtividade dos funcionários e traz alguns problemas, como por exemplo, a demora para concluir algumas tarefas, que seriam realizadas de forma mais rápida se fossem automatizadas.

A automação, além de trazer mais autonomia e eficiência para os funcionários, também ajuda a diagnosticar falhas com antecedência.

Adote soluções em nuvem

O cloud computing ajuda a tornar o processo mais escalável ao mesmo tempo em que traz segurança para as atividades.

Com esse tipo de solução, a equipe poderá desenvolver os trabalhos de qualquer lugar.

Ou seja, tudo o que o colaboradores vai precisar para acessar documentos, fazer ajustes e compartilhar informações, é de um dispositivo com acesso à internet.

Qual a relação entre infraestrutura escalável e nuvem?

Você já sabe que as mudanças no comportamento do consumidor e as transformações digitais requerem que tudo seja feito em tempo real.

Além disso, as companhias devem estar preparadas para criar novas estratégias e aumentar a capacidade sempre que for necessário.

E é nesse contexto que a computação em nuvem (cloud computing) surge como uma solução que ajuda a reduzir custos e otimizar processos.

A escalabilidade, basicamente, é a capacidade de atender a demanda dos clientes de forma consistente.

Ou seja, se um sistema de computação em nuvem puder atender às novas demandas, seja em tamanho ou volume, ele é escalável.

Se a companhia depender somente dos servidores físicos, ela até consegue atender o aumento da demanda, mas apenas até um certo ponto.

O conceito de virtualização ajuda na expansão, pois como a rede é descentralizada, ela se torna ilimitada.

Quais são os principais provedores de computação em nuvem?

A infraestrutura de TI em nuvem é um conjunto de hardware, software e outras estruturas que possibilitam o funcionamento dos sistemas necessários para uma empresa, só que armazenado em nuvem.

Ao contratar um serviço em nuvem, é preciso entender como funciona a capacidade de expansão do provedor e verificar se ele consegue aguentar a demanda.

Abaixo, conheça os principais provedores de nuvem que podem ajudar a sua empresa a criar uma infraestrutura escalável:

Microsoft Azure

A plataforma de nuvem do Azure consiste em mais de 200 serviços de nuvem projetados para ajudar a sua empresa a criar novas soluções.

Formada por um conjunto de ferramentas, o Microsoft Azure funciona praticamente como um apoio tecnológico para o seu negócio.

Ele oferece a infraestrutura necessária para rodar o sistema operacional e desenvolver aplicativos.

Com o Microsoft Azure, a organização poderá realizar operações sem dificuldade em ambientes híbridos e criar aplicativos da forma desejada.

Os principais serviços da plataforma incluem as máquinas virtuais, gerenciamento de rede, aplicações em nuvem, banco de dados SQL, entre outros.

Google Cloud

O Google Cloud Platform é um software de armazenamento de dados extremamente completo, já que pode se adaptar às necessidades de qualquer empresa.

Através dessa plataforma, o seu negócio consegue desenvolver aplicativos personalizados e estabelecer programas de gerenciamento de CRM  (Customer Relationship Management).

Além disso, em relação às principais funcionalidades, podemos citar a criação de máquinas virtuais e o amplo armazenamento de dados em nuvem.

Amazon AWS

A Amazon Web Services (AWS) oferece mais de 200 serviços completos de datacenter.

Há diversas startups e grandes empresas que estão usando a AWS para reduzir custos, modernizar processos e inovar de forma mais rápida.

A plataforma foi projetada para ser um ambiente de computação em nuvem flexível e seguro.

O serviço de nuvem AWS foi lançado em 2006. Porém, nos últimos anos, novos recursos foram desenvolvidos, o que tornou a plataforma ainda mais eficiente.

Como você pode ver, a infraestrutura escalável é algo essencial para o crescimento das empresas.

Se você quer trazer essa inovação para o seu negócio e ter acesso aos principais provedores de nuvem do mercado, entre em contato com a equipe de atendimento da Brinov!

0 comentários

Mais artigos

6 Dicas para diminuir o custo por lead (CPL)

6 Dicas para diminuir o custo por lead (CPL)

Saber o que é custo por lead (CPL) e como calcular esse métrica é essencial para avaliar o desempenho de suas estratégias e identificar aspectos que podem ser melhorados. Esse indicador tem tudo a ver com a saúde financeira da empresa. Afinal, quanto maior o gasto...