Cloud Computing na prática

Cloud Computing na prática

Cloud Computing é um assuntos que ainda causa muita confusão na cabeça das pessoas, mas que na prática é algo bem simples.

Este artigo tem o objetivo de te ajudar a entender na prática o que é Cloud Computing, mesmo que você ainda não entenda nada à respeito.

O importante é que você não tenha dúvidas sobre o que é a Cloud Computing após este artigo, porque o que muitos sabem apenas na teoria, você saberá na prática!

O que esperamos de você após este artigo:

Como uma coisa pode estar na nuvem? Onde fica esta nuvem que tanto falam? Para onde vão meus arquivos e fotos que estão salvas na nuvem? Se a Internet acabar perderei meus arquivos que estão na nuvem?

Antes de mais nada, saiba que Cloud Computing, ou em português Computação em Nuvem, é um termo que possui várias definições na internet e não é possível afirmar qual definição é a mais correta.

Definições de Mercado

Abaixo estão algumas definições criadas por empresas muito respeitadas na área de tecnologia.

“A computação em nuvem é a entrega sob demanda de poder computacional, armazenamento de banco de dados, aplicativos e outros recursos de TI pela Internet com uma definição de preço conforme o uso.” Amazon AWS

“Computação em nuvem é o fornecimento de serviços de computação, incluindo servidores, armazenamento, bancos de dados, rede, software, análise e inteligência, pela Internet .“ Microsoft

“A computação em nuvem é um estilo de computação em que os recursos escaláveis e elásticos habilitados para TI são fornecidos como um serviço usando tecnologias da Internet”.  Gartner

Então, acima nós temos três definições que apesar de explicar muito bem o conceito, ainda é algo muito técnico e superficial, uma vez que diz, por exemplo, que os serviços são disponibilizados pela internet, algo completamente abstrato e distante.

Você não está sozinho

Para você não achar que é apenas você que possui dúvidas sobre o assunto, assista ao vídeo a seguir! Mas se você já sabe pelo menos um pouco sobre o assunto, assiste também, porque vale a pena!

Vale lembrar que o vídeo tem como objetivo apenas demonstrar como muitas pessoas tem dúvidas sobre o assunto,  e não passar qualquer mensagem diferente disso.


Cloud Computing na prática

Bom, que Cloud Computing não é uma rede que vem pelo ar, você pode ter certeza! Sem mais delongas, vamos aos fatos.

Na prática, Cloud Computing, nada mais é do que a contratação de grandes provedores de serviços de Data Center para hospedar parte das suas aplicações ou toda infraestrutura computacional da empresa. Então, lembre-se que não existem nuvem sem um Data Center.

O que é um Data Center ?

Um centro de processamento de dados, também conhecido como Data Center, é um local onde estão concentrados os sistemas computacionais de uma ou mais organizações e também onde estão localizadas fisicamente as famosas “nuvens”.

Não estranhe se nunca ouviu falar de Data Centers, a maiorias já está presente há muito anos no mercado e você provavelmente já utiliza seus serviços indiretamente, por meio de empresas menores de internet tais como provedores de hospedagem de sites, internet, telefonia e vários outros serviços.

Conhecendo um Data Center

Se você ainda ficou com dúvida sobre o que é um Data Center, ou pelo menos nunca visitou ou mesmo nunca viu, nada melhor do que te mostrar algumas fotos de um Data Center real.

As fotos acima são da Equinix. Também conhecida no Brasil pelo nome ALOG, a Equinix é uma empresa global de Data Centers.

Atualmente a Equinix é considerada a maior provedora de serviços de Data Center do mundo, tendo presença no Brasil em São Paulo e Rio de Janeiro.

Se você entende que a nuvem é o futuro, mas possui uma infra muito complexa para ir para nuvem, você pode não estar errado. 

Se ainda não confia em mover toda a sua infraestrutura para a nuvem, contratar serviços de Data Center pode ser uma excelente opção para você.

Gostaria de conhecer um Data Center?

Como a Brinov tem uma parceria com a Equinix, podemos te ajudar a agendar um Tour no Data Center mais próximo da sua empresa.

Quer conhecer outras empresas que fornecem serviços de Data Center? Em breve estaremos criando um artigo com uma lista dos principais Data Centers que possuem presença no Brasil. Fiquem atentos!

Consolidando tudo

Como vimos, o conceito de Computação em Nuvem refere-se ao fornecimento de recursos e serviços de computação através da internet.

Vimos também que a internet mencionada, na verdade, trata-se de um conjunto de serviços de Data Center que são contratados pelas clouds e fornecidos pela internet.

Os serviços podem partir de pequenas aplicações, estações de trabalho e pequenos servidores, até grandes infraestruturas com milhares de servidores.

O principal objetivo é terceirizar serviços que não são o seu core de negócio e pagar apenas o que usar, reduzindo custos de operação.

Vale ressaltar que em alguns casos o cliente também pode contratar inclusive a conexão privada que conecta a rede da empresa diretamente ao Data Center.

Ou seja, é correto afirmar que a nuvem pode ser consumida pela rede internet, mas também existem outras maneiras de se conectar a nuvem.

Bom, espero que você tenha conseguido entender o que é Cloud Computing na prática. Mas caso ainda tenha alguma dúvida, deixe um comentário.

Se você gostou deste artigo, mas precisa de um especialista para te ajudar a encontrar uma nuvem ou mesmo um Data Center para atender as necessidades da sua empresa, conte com a Brinov Consultoria.

Como encontrar a Computação em Nuvem ideal?

Como encontrar a Computação em Nuvem ideal?

Encontrar um parceiro ideal de Computação em Nuvem é uma tarefa difícil para quem não tem uma empresa especialista nessa busca. Isso porque existe uma variedade de fornecedores no mercado, com diferentes vantagens e desvantagens para o consumidor.

Ter uma empresa que entenda as dores e as demandas da sua empresa, bem como o seu orçamento, é essencial para fazer uma compra inteligente e lucrativa.

A Brinov, como uma empresa de consultoria focada em negócios e tecnologia, conta com um time de consultores especializados que te ajudam a selecionar a melhor solução em nuvem para a sua organização.

Saiba também: Entenda o que é e para que serve a Cloud Computing.

Uma solução de backup profissional em nuvem oferece mais suporte e segurança para a sua empresa do que as tecnologias utilizadas em backup local, que já não garantem processos tão bem estruturados.

Se você chegou até aqui, é porque precisa de auxílio para escolher um fornecedor de Computação em Nuvem. Então, agora é hora de ver alguns conselhos:

Acompanhe:

Encontre o melhor parceiro de computação em nuvem.

Hoje, vê-se no mercado uma variedade de fornecedores de computação em nuvem,  mas nem todos atendem as necessidades e demandas da sua corporação. Antes de tomar a decisão final é preciso analisar alguns pontos importantes para ver se realmente as opções são válidas.

Pesquisa

Parece óbvio, mas na pressa, muitas empresas acabam não se atentando a esta questão. Assim como você tem cuidado para contratar um funcionário, é preciso também fazer uma análise do parceiro que irá escolher para oferecer este serviço.

O ideal é que você tenha um parceiro que siga a norma NBR ISO/IEC 17799 da ABNT, que garante a segurança das suas informações e dá diretrizes específicas para a proteção de dados.

Faça uma análise completa e pesquise informações como estabilidade financeira, infraestrutura, clientes atendidos, o que cada uma delas pode te oferecer etc.

Com um time de consultores e tecnologia, fica muito mais fácil escolher o parceiro de nuvem ideal. Conversar com quem já foi atendido por elas e perguntar sobre a experiência dele durante a prestação de serviços, é um bom caminho.

Suporte e SLA para Nuvem

Lembra quando falamos sobre infraestrutura? Então, você precisa entender como o parceiro que você escolheu administra os níveis de backup, as tecnologias utilizadas por ele, como é efetivada a recuperação de dados e se ele consegue realizar cópias automáticas em unidades locais ou remotas.

É preciso saber também onde ficarão os dados de backup da sua empresa. A localização geográfica interfere em questões como legislação e políticas locais, análise de riscos (como catástrofes naturais que podem acometer o fornecedor), etc. É importante estabelecer um contrato flexível, onde o fornecedor te ofereça a possibilidade de migração do backup, tanto física quanto de nuvem, como AWS e Microsoft.

O objetivo do backup em nuvem é oferecer estrutura e segurança para que a sua empresa possa crescer, para isso é preciso que seu parceiro ofereça infraestrutura e profissionais especializados.

Tecnologia e Segurança

Pesquise se o fornecedor de backup em nuvem possui um serviço automatizado de suporte e atualização, esse diferencial reduz a incidência de erros humanos. Confira se ele conta com itens como automação e questione sobre as configurações de segurança, criptografia de chave pessoal e se ele utiliza dados criptografados durante a transferência de informações.

A Brinov Consultoria sabe que a jornada para a nuvem envolve uma série de fatores que determinam seu estágio atual de adoção da nuvem. Nosso time de consultores analisa sua infraestrutura, suas dores e seus objetivos para te ajudar a dar os próximos passos.

Veja abaixo como a Brinov Consultoria te ajuda a encontrar o parceiro de nuvem ideal e de forma descomplicada.

Confira nossos serviços para Cloud:

Benchmark Cloud

Com o Benchmark Cloud você fica por dentro das melhores práticas em Cloud do mercado e consegue obter um crescimento acelerado.

Alguns dos benefícios são:

  1. Comparação dos mecanismos.
  2. Analise da performance
  3. Conhecimento do desempenho
  4. Escolha das melhores empresas fornecedoras de cloud para o negócio
  5. Otimização dos processos.

Avaliação Cloud

Com a avaliação Cloud é possível escolher o parceiro de cloud ideal a partir de 3 etapas de avaliação:

  1. Análise de Requisitos: Investigação das dores, requisitos técnicos, riscos e entendimento dos benefícios esperados.
  2. Seleção de Players: Seleção de três empresas de acordo com a expertise da Brinov e solicitação do envio de propostas específicas para o seu projeto.
  3. Apresentação: Apresentação presencial ou via web meeting dos players que forem selecionados com o projeto e propostas.

Migração Cloud

Conte com as melhores empresas de Cloud Computing do mercado, para que você possa avaliar qual melhor atende às necessidades e orçamento do seu projeto.

  1. Encontre um fornecedor de Cloud ideal
  2. Faça a migração dos seus dados para a nuvem
  3. Não tenha surpresas desagradáveis

“Até 2020, empresas que não utilizam computação em Nuvem serão tão raras quanto as que hoje não utilizam Internet. ”  Gartner, Inc – Líder mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia.  

Creio que esteja perguntando : Mas como posso iniciar essa pesquisa de fornecedores se há tantos no mercado?

Sim, é difícil! Por isso você pode contar com a Brinov Consultoria.

A Brinov sabe da importância da Computação em Nuvem e está apta para te ajudar a encontrar a melhor para o seu negócio.

Conheça mais sobre nossos serviços falando com um consultor.

Cloud Computing: O que é e para que serve?

Cloud Computing: O que é e para que serve?

Cloud Computing ou computação em nuvem, é a tecnologia que permite o uso online de recursos da computação, tendo a internet como meio de funcionamento.

Não conhece? Neste artigo você descobrirá tudo o que precisa saber sobre Cloud Computing, a nuvem da Internet. Continue lendo esse artigo!

O que é Cloud Computing?

Cloud Computing é uma solução de TI que usa a conectividade e a grande abrangência da Internet para hospedar diferentes recursos, programas e dados. Dessa maneira, a computação em nuvem possibilita que o usuário acesse esses recursos por meio de computadores, tablets ou celulares.

Com essa ferramenta, é possível editar documentos, armazenar informações, compartilhar e editar dados de maneira remota, sem a necessidade de downloads, apenas de tais dispositivos conectados à internet e um navegador.

E mais, sem a obrigação de conectar-se a um servidor local ou computador pessoal.

Ainda não entendeu muito bem?

Vamos a um exemplo prático:

Quando você edita um documento no Google Docs ou assiste a um filme na Netflix, você está se utilizando da computação em nuvem.

Os serviços que não pedem instalação ou download, são serviços online possibilitados pelo Cloud Computing, onde você só irá precisar de um navegador e internet.

Para que serve a Cloud Computing?

A computação em nuvem surge como forma de democratizar as informações e facilitar as operações de quem utiliza as ferramentas tecnológicas diariamente.

Pense em todos os downloads, hardwares, sistemas operacionais e softwares que tínhamos que usar para conseguir realizar alguma tarefa. Eram muitos, não é mesmo?

Por isso, a cloud Computing trouxe vários benefícios. Veja alguns deles:

  • Eliminação dos gastos com compras de hardware e software, instalação e manutenção;
  • Armazenamento de dados online
  • Economia de espaço
  • Concentração de informações
  • Integração do trabalho da equipe com o acesso remoto as informações
  • Maior segurança no armazenamento
  • Realização de backups

Confira como o Big Data por ajudar o Marketing Digital

Diante dessas vantagens, a computação em nuvem se tornou a ferramenta preferida das empresas e dos usuários. E não à toa, a maior parte das coisas que consumimos hoje na Internet, como as redes sociais, o armazenamento de arquivos, streaming de vídeo e música, são de aplicativos ou serviços hospedados na nuvem.

Como funciona ?  

A solução usa um servidor remoto para integrar os dispositivos dos usuários a recursos centralizados. Um servidor remoto armazena os dados e programas usados por você em qualquer lugar do mundo, podendo ser acessado online.

Existem 3 tipos de computação em nuvem: o público, o privado e o híbrido. A escolha irá depender de fatores como custo, disponibilidade, desempenho e expectativas. E claro, se você é empresa ou pessoa física.

Nuvem pública

Recursos computacionais, como servidores e armazenamento, fornecidos por terceiros e disponíveis para qualquer pessoa ou empresa que deseja contratá-los.

Nesse formato, o cliente é responsável pelo o que será colocado na nuvem, seja um backup, um aplicativo ou alguns arquivos, enquanto o provedor de nuvem está preocupado com a manutenção, segurança e o gerenciamento dos recursos.

Na nuvem pública, tudo está disponível na web e compartilhado entre diferentes usuários que o usam simultaneamente, mas de forma separada e padronizada.

Essa nuvem é a indicada para empresas que querem economizar em investimentos, por oferecer soluções unificadas.

Nuvem privada

Nesse modelo, a empresa mantém a infraestrutura da nuvem em seu domínio interno e oferece acesso apenas a usuários selecionados, como funcionários e parceiros, por exemplo.

A nuvem privada oferece a possibilidade de personalizar funções e suporte às demandas, sendo usada por empresas que devem seguir regulamentos e regras para segurança e privacidade de dados.

Nuvem híbrida

A nuvem híbrida, à união das duas anteriores, isto é, permite compartilhar informações e aplicativos entre os dois tipos de nuvem citados.

Assim, a escolha irá depender de cada necessidade e estratégia do negócio.  

Quais os serviços da Cloud Computing?

Hoje ela oferece 3 modelos de serviço: Confira quais são:

SaaS (Software as a Service/Software como serviço)

O SaaS permite que você acesse o software sem comprar sua licença, utilizando-o gratuitamente na nuvem, mas com recursos limitados.

Há planos de pagamento com a cobrança de uma taxa fixa, com um valor que varia de acordo com o recurso.

Nesse modelo, a empresa acessa o software pela Internet, sem se preocupar com a instalação, configuração e licenças.

PaaS (Platform as a Service/Plataforma como serviço)

Neste modelo é contratado um ambiente completo de desenvolvimento on demand, onde é possível criar, transformar e otimizar softwares e aplicativos.

O PaaS inclui sistemas operacionais, ferramentas de desenvolvimento, sistemas de gerenciamento de bancos de dados, serviços de Business Intelligence e outros recursos. Além de contar com toda a infraestrutura necessária para executar aplicações Web ou móveis.

IaaS (Infrastructure as a Service/Infraestrutura como serviço)

No IaaS, os recursos de infraestrutura são alugados, como servidores, routers, racks, datacenters, hardware e outras ferramentas que permitem a transmissão e o armazenamento de dados.

Dependendo do provedor e do modelo, a empresa pode precisar pagar pelo número de servidores ​​e pela quantidade de dados armazenados. Sua vantagem é que só é usado o que for demandado pela empresa, pagando apenas por isso.

Agora que já entendeu o conceito de Cloud Computing, a Brinov Consultoria está apta para te ajudar a pensar sobre as necessidades do seu negócio e decidir qual serviço de cloud merece o seu investimento.  

Fale com um consultor da Brinov Consultoria e gere maiores resultados financeiros.