O que é Inteligência de Mercado?

O que é Inteligência de Mercado?

Inteligência de Mercado: Saiba o que é, quais os benefícios dessa aplicação e como praticar na sua empresa.

No contexto mercadológico atual, em que o nível de competitividade aumenta a cada dia devido às mudanças de comportamento dos consumidores, empregar tecnologias de automação e expandir a inclusão digital, é fundamental para que as empresas se mantenham atualizadas quanto as tendências do mercado.

Para acompanhar essas tendências é necessária percepção de crescimento e mente aberta para as inovações. Do contrário, prosseguir com métodos obsoletos num panorama tão competitivo, podem levar ao declínio da empresa.

Pensando nesse panorama mercadológico, trouxemos nesse post, tudo sobre essa forte tendência que tem ajudado no mundo dos negócios: A Inteligência de Mercado.

Ficou interessado sobre o assunto? Acompanhe esse artigo e boa leitura!

Afinal, o que é Inteligência de Mercado?

Inteligência de Mercado é uma estratégia de marketing que usa a coleta de dados e a análise dos mesmos de forma sistemática para tomar decisões. Ela é essencial para as empresas que desejam reconhecer problemas e oportunidades de desenvolvimento, tomar decisões inteligentes e seguras e ainda, crescer de forma competitiva no mercado.

Como dito anteriormente, a alta competitividade deu às empresas oportunidade de buscar soluções inovadoras para impulsionar sua posição em relação a forte concorrência.

Nesse sentido, elas começaram a montar equipes de Inteligência de Mercado, ou Business Intelligence (BI), como forma de driblar o cenário competitivo com soluções altamente pensadas e seguras pautada na junção de várias metodologias para captar e usar os dados sob diferentes aspectos.

Os dados são baseados no comportamento do consumidor, nas estratégias da concorrência, nas vendas da empresa, no perfil do público-alvo e o mercado de uma maneira geral. É feito um monitoramento, coleta de informações e diferentes análises a fim de converter tudo isso em inteligência para serem usados na hora das tomadas de decisões.

Quais os benefícios?

Muitas são as vantagens da Inteligência de Mercado, no entanto, vou citar as principais e as mais valiosas para as empresas que desejam implantar na sua estratégia de marketing.

Essa estratégia ajuda na hora de conhecer o feedback dos clientes e do mercado sobre dado produto ou serviço, contribui para a avaliação de preço no mercado, identifica os diferencias do produto da sua empresa e dos produtos concorrentes, descobre o nível de lembrança da marca, além de conhecer profundamente os clientes reais e os em potencial.

A inteligência de mercado é capaz de acompanhar todo o mercado em que sua empresa está inserida, entendendo o segmento por completo, desde os problemas até as tendências e os influenciadores.

As empresas que costumam adotar a Inteligência de Mercado tendem a ampliar a competitividade, a produtividade, capacidade de antecipar tendências e ainda a se adaptam melhor às mudanças.

Como aplicar na minha empresa?

Para usar essa estratégia como uma ferramenta potencializadora de vendas e de crescimento dos negócios, em primeiro lugar é preciso entender como coletar e como manusear a grande quantidade de dados que serão captados das mais diferentes frentes.

Nesse sentido, o Big Data tem um papel essencial devido a sua capacidade de coletar uma grande quantidade de dados em rede e organizá-los em relatórios de maneira rápida. Afinal, qual a vantagem de ter uma infinidade de dados disponíveis e não saber utilizar a favor do seu negócio, não é mesmo?

Depois da coleta de dados, o próximo passo é conseguir filtrar as informações, isto é, separar as informações relevantes das superficiais. Essa etapa é importante para que a empresa consiga alcançar os objetivos programados, pois se houver equívoco quanto a classificação dos dados, haverá um retrabalhado e isso prejudicará o andamento da estratégica.

Depois disso, fica mais simples traçar os dados, analisa-los e antecipar as tendências ou os problemas que virão.

Vamos a um exemplo prático: Numa empresa que trabalha com estoque de material, é essencial ter uma equipe de inteligência de mercado, pois assim poderá ver os produtos com maior e menor saída e com isso, programar a compra dos mesmos.

Inteligência de mercado ou Pesquisa de mercado?

A pesquisa de mercado é uma fundamental fonte de dados primários para a inteligência de mercado. Ela contribui no entendimento do mercado, dos consumidores e da concorrência.

Quando se faz uma pesquisa de mercado, você consegue saber as opiniões dos leitores sobre sua marca, seus produtos ou serviços. Você também obtém respostas sobre a satisfação e a reincidência de compra. Nessa pesquisa você vê a concorrência e seus pontos positivos e negativos, ou seja, são muitas as informações obtidas na pesquisa de mercado.

Quer utilizar a Inteligência de Mercado, mas não sabe por onde começar?

Inteligência de mercado é uma estratégia fundamental para empresas que querem identificar problemas e oportunidades de crescimento. Se você é faz parte de uma dessas empresas, a Brinov Consultoria pode te ajudar!

A Brinov oferece serviços profissionais de Pesquisa de Mercado, Análise de Concorrentes, Segmentação de Mercado e Criação de Personas para empresas que querem crescer no mercado.

Entre em contato com nosso time de consultores especializados e se torne mais competitivo no mercado.

5 dicas para prospectar novos clientes.

5 dicas para prospectar novos clientes.

Confira 5 dicas para prospectar novos clientes e aumentar as vendas da sua empresa.

Prospectar novos clientes para aumentar as vendas não é uma tarefa simples. Isso se deve a grande concorrência vista no mercado atual, no qual encontra-se uma infinidade de oportunidades e ofertas que disputam lado a lado a atenção de um público cada vez mais disperso.

Para começar a pensar numa solução, a empresa que deseja prospectar clientes e ganhar destaque no mercado deve, primeiro, criar um planejamento de vendas no qual se estabeleça uma estratégia objetiva para captar seu público específico, conhecido como persona ou cliente ideal e saber o grau de afinidade dele com os produtos/serviços oferecidos.

Na maioria das empresas, a prospecção acontece de forma tradicional, conhecida também como outbound. E isso quer dizer que, ao contrário do inbound, que aguarda a ação do lead (feito por meio de conteúdos digitais), o outbound preza pela busca ativa, no qual a empresa vai até o lead fazendo o primeiro contato.

Tal processo, chamado de pré-venda é feito por um Sales Development Representative (SDR) ou por um Business Development Representative (BDR), profissionais da equipe comercial responsáveis pela qualificação e pelo contato inicial com os leads. Após a abordagem, eles conseguem mensurar as dores do cliente potencial e saber se esse possui “fit”, compatibilidade com o produto/serviço oferecido pela empresa.

Para segmentar e pré- qualificar o lead que se deseja captar, pode-se usar a Inteligência de Vendas. Além de obter informações relevantes que ajudarão os profissionais do time de vendas a delimitar o fit, essa pesquisa contribui para organizar as ações.

A empresa necessita de uma equipe que entenda os processos listados para evitar desperdícios de tempo e de recursos para conquistar novos contratos

Para ajudar, separamos 5 dicas para uma prospecção de sucesso! Continue lendo.

1- Utilize um mix de meios e cadencie seus contatos.

A ligação é a forma de contato mais utilizada para se comunicar com os leads.

O SDR, além de realizar a ligação, deve prestar atenção a cadência criando um cronograma e planejando as diferentes possibilidades de contato em períodos determinados.

OBS: Não há uma regra geral que determine quanto tempo se deve trabalhar um lead, mas calcula-se uma média de 15 dias. Caso o não obtenha retorno, o lead pode ficar congelado por dois a três meses para o próximo contato.

Entenda tudo sobre Transformação Digital

2 – Não esqueça dos e-mails

O email marketing é a forma de comunicação mais utilizada atualmente pelas empresas para conseguir prospectar clientes. Nesse meio deve-se:

  • Gerar interesse – o assunto do e-mail deve ser personalizado;
  • Entregar conteúdos diferentes –  não envie apenas conteúdos institucionais. Mande conteúdos ricos que produzam interesse, como cases de sucesso, e soluções para as dores.
  • Ser pessoal – evite mensagens genéricas;
  • Ter um “Call to Action” – ao final, não esqueça de deixar uma pergunta ao lead que possa dar andamento ao contato. Se já estiver no fim da régua de relacionamento e não obtiver retorno, pode ser um email de agradecimento e finalização do contato.

A Brinov Consultoria pode te ajudar a otimizar suas vendas. Saiba mais.

3 – Mapeie as próximas ações

Conseguiu fazer contato? Ótimo, agora você precisa nutrir o interesse do lead até o agendamento de uma apresentação. Para isso, é preciso:

  • Ser curioso e questionar sobre as possibilidades de dias e horários para o agendamento;
  • Utilizar rapport (ganhar empatia), gatilhos mentais e/ou outras estratégias de vendas;
  • Estabelecer prazos para dar continuidade ao contato (follow up, negociação, envio de apresentação).

4 – Estabeleça KPI’s

Os KPI’s (Key Performance Indicator) não devem ser encarados como uma forma de cobrança do gestor. Eles são importantes para entender o desenvolvimento da estratégia. Por essas métricas, o SDR e seus gestores podem avaliar o que tem dado certo e o que não tem para ajustar a estratégia. Os KPI’s mais usados são as quantidades de:

  • ligações;
  • envio de e-mails;
  • novas empresas abertas;
  • agendamentos realizados.

5 – Seja organizado

É essencial separar um tempo para planejar a prospecção e não deixar de cumpri-la com qualidade. Para isso, siga os itens abaixo:

  • Estabeleça horários para prospectar;
  • Organize sua agenda;
  • Faça uma lista de atividade;
  • Faça uma coisa de cada vez;
  • Evite distrações desnecessárias;
  • Organize seu próximo dia.

Para saber mais sobre como melhorar as vendas, acesse o site da Brinov Consultoria e fale com um consultor.